- PUBLICIDADE -

Espiões do Irã caçam mineradores de Bitcoin

Espiões do Irã caçam mineradores de bitcoin
- PUBLICIDADE -

Teerã dobrou a recompensa aos delatores para US$ 873.

O Irã está fechando o cerco contra os mineradores de criptomoedas que atuam sem a autorização do regime islâmico.

Teerã chegou ao ponto de colocar espiões do seu serviço de inteligência para reprimir os mineradores clandestinos.

De acordo com reportagem da Bloomberg, na última quinta-feira (20), o Ministério da Inteligência do Irã estabeleceu comitês em todo o país para organizar os agentes responsáveis por encontrar e fechar fazendas ilegais de mineração de criptomoedas.

Mineração de bitcoins ajuda Irã a fugir das sanções

Os iranianos que forem identificados minerando sem autorização terão todos os seus equipamentos apreendidos e podem enfrentar multas pesadas. 

Os fiscalizadores também esperam contar com a ajuda da população. 

Para incentivar as denúncias, Teerã dobrou a recompensa aos delatores para US$ 873, um montante sete vezes maior do que o salário mínimo do país.

Enquanto isso, as atividades regulamentadas de mineração de criptomoedas no Irã podem estar gerando mais de US$ 1 bilhão em receitas.

Como noticiou a Renova, a mineração de ativos digitais estaria ajudando o país do Oriente Médio a fugir das sanções econômicas impostas pelos Estados Unidos.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -