- PUBLICIDADE -

‘Espionagem com objetivos políticos’, diz Benedito sobre ataque hacker

'Espionagem com objetivos políticos', diz Benedito sobre ataque hacker
- PUBLICIDADE -

“Espionagem com objetivos políticos promovida por organização criminosa”, disse Benedito sobre ataque hacker contra autoridades brasileiras.

O procurador Ailton Benedito, chefe da Procuradoria da República em Goiás, comentou, nesta segunda-feira (23), sobre as últimas revelações envolvendo a quadrilha de hackers que atacou os celulares de centenas de autoridades do Brasil.

Após tomar conhecimento sobre o diálogo entre o militante norte-americano, Glenn Greenwald, editor e cofundador do site panfletário Intercept, e o estudante Luiz Henrique Molição, preso pela PF na 2ª fase da Operação Spoofing, Benedito abordou o assunto na rede social Twitter.

“A investigação da invasão de celulares do ex-juiz Moro, de integrantes da Lava Jato e outras autoridades do Estado evidencia que não se trata de crime comum praticado por batedores de carteira”, escreveu o procurador.

De acordo com Benedito, as revelações recentes apontam que o ataque hacker trata-se de uma “espionagem com objetivos políticos promovida por organização criminosa”.

Benedito foi convidado pelo subprocurador Augusto Aras para integrar sua futura equipe na Procuradoria-Geral da República (PGR), mas disse que ainda não decidiu se aceitará o convite.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -