Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Espionagem durante a era Obama deixa ex-funcionários preocupados

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Espionagem durante a era Obama deixa ex-funcionários preocupados

Funcionários de Obama temem que a desclassificação exponha potencial mau comportamento, diz senador republicano.

O senador republicano Lindsey Graham deu sua opinião sobre porque as autoridades do governo do ex-presidente Barack Obama estão se opondo à desclassificação de documentos relacionados à origem da investigação sobre a interferência da Rússia nas eleições de 2016.

Em uma entrevista recente, Graham disse que os ex-funcionários de Obama têm medo de serem “expostos por tomarem a lei em suas próprias mãos”.

Durante uma aparição na emissora Fox News Sunday, no dia 26 de maio, Graham expressou seu apoio à decisão do presidente Donald Trump de desclassificar os documentos relacionados à conduta de agências de inteligência como o Departamento de Justiça (DOJ) e o FBI em 2016.

Graham, que é o presidente do Comitê Judiciário do Senado, declarou:

“Eu estou insistindo que cheguemos ao fundo disso. Eu quero que todos os documentos em torno do pedido de garantia da FISA sejam liberados. Eu quero descobrir exatamente como a operação de contra-inteligência começou. Eu acho que a transparência é boa para o povo americano.”

E acrescentou:

“Eu gostaria que algum democrata se apresentasse para descobrir se o tribunal da FISA foi defraudado pelo FBI e pelo Departamento de Justiça.”

No último domingo (26), a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, acusou o FBI de praticar corrupção para tentar prejudicar o presidente Trump.

Em entrevista concedida à emissora NBC News, Sanders afirmou:

“Já sabemos que houve uma quantidade escandalosa de corrupção no FBI. Vazaram informações, mentiram, estavam trabalhando especificamente para tentar derrubar o presidente, tentar prejudicá-lo.”

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email