ESPN perde mais de 1 milhão de assinantes no Brasil

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A crise econômica, o desemprego e, claro, o fato de ter desistido de transmitir a Copa da Rússia já afetam duramente os canais ESPN no Brasil.

Dados exclusivos obtidos pela coluna de Ricardo Feltrin no UOL apontam que a ESPN perdeu mais de 1 milhão de assinantes desde o início do ano passado.

Em audiência, também já foi ultrapassada há tempos, por larga vantagem, pela Fox Sports, o segundo canal esportivo mais visto, só atrás da SporTV (Globosat).

Vale dizer que os canais ESPN são bastante prejudicados também porque as maiores operadoras de TV paga do país não os incluem jamais em pacotes econômicos ou mais baratos de assinaturas.

Porém isso não pode ser atribuído como uma culpa apenas das operadoras, e sim da negociação que foi feita no passado entre ambas as partes.

Os chamados canais premium foram os mais atingidos pela crise econômica que atinge o país nos últimos anos: devido à falta de dinheiro, muitos assinantes têm desistido dos pacotes mais caros, ou migrando para os mais baratos ou mesmo deixando a TV paga.

Em 2017, o volume de assinantes de TV paga no Brasil se manteve estável, mas o setor registrou queda de assinantes desde 0 fim da Copa de 2014.

A situação está complicada para ESPN não apenas por aqui, mas no Estados Unidos também. Nos últimos meses, temos acompanhado o declínio da emissora esportiva na terra do Tio Sam.

Com informações de: [UOL]

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.