Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Esquerda brasileira denuncia golpe contra Morales na Bolívia

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Esquerda brasileira denuncia golpe contra Morales na Bolívia

“Acabo de saber que houve um golpe de estado na Bolívia e que o companheiro Evo Morales foi obrigado a renunciar”, disse Lula.

Partidos políticos brasileiros alinhados à esquerda saíram em defesa de Evo Morales, que renunciou à Presidência da Bolívia na tarde deste domingo (10).

Após três semanas de intensos protestos, Morales havia anunciado na manhã de hoje novas eleições, mas a cúpula militar do país pediu que ele deixasse o cargo após um relatório da Organização dos Estados Americanos (OEA) apontar inúmeras fraudes nas últimas eleições.

Através de mensagem no Twitter, o condenado e ex-presidente Lula da Silva (PT) classificou a situação como um “golpe de estado” contra Evo e criticou a elite econômica da América Latina

“Acabo de saber que houve um golpe de estado na Bolívia e que o companheiro Evo Morales foi obrigado a renunciar. É lamentável que a América Latina tenha uma elite econômica que não saiba conviver com a democracia e com a inclusão social dos mais pobres”, disse o petista.

Em nota oficial, o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) disse que “este domingo (10) entrará para a história sul-americana como um dos seus dias mais sombrios”. 

O posicionamento dos esquerdistas brasileiros está de acordo com o de Nicolás Maduro, ditador da Venezuela, que também denunciou um suposto golpe contra Morales.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email