Português   English   Español
Português   English   Español

Esquerda do Brasil tem pior representação em 16 anos

Esquerda do Brasil tem pior representação em 16 anos
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

PT, PCdoB, PSOL, PDT e PSB saem do pleito deste ano com 393 candidatos eleitos, 25% a menos do que em 2010, ano em que essas siglas tiveram o melhor desempenho nas urnas.

Os resultados das urnas mostram que a eleição neste ano foi marcada por forte sentimento antipetista dos eleitores.

O Partido dos Trabalhadores (PT) foi a legenda que apresentou maior redução em 2018: elegeu 149 nomes para cargos no Executivo e no Legislativo, 41% menos comparado a 2010, quando fez 255.

Num pleito marcado pelo crescimento de candidaturas de direita, os cinco principais partidos de esquerda no país (PT, PCdoB, PSOL, PDT e PSB) elegeram 25% menos candidatos em relação a 2010, ano que marcou o auge da representatividade dessas siglas nas urnas.

Levantamento feito pelo jornal Estadão mostra que, em 2018, a esquerda levou 393 nomes para governos estaduais, Câmara Federal, Senado e Assembleias Legislativas nos estados.

Em 2010 (último ano do governo Lula), esse número havia batido em 527. Em 2002, foram 453 eleitos; em 2006, foram 424; e em 2014, foram 406. Ou seja, 2018 marca a pior representação da esquerda em 16 anos, desde a histórica campanha que conduziu Lula à Presidência da República, em 2002.

 

Adaptado da fonte Gazeta do Povo

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!