Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Esquerda vence primária na Argentina com ampla vantagem

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Esquerda vence primária na Argentina com ampla vantagem
COMPARTILHE

Macri diz que “teve uma eleição ruim” e oposição fala em “nova Argentina” após prévias presidenciais.

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, reconheceu a derrota nas eleições prévias simultâneas e obrigatórias da corrida presidencial realizadas neste domingo, 11 de agosto.

Com 99,37% das urnas apuradas, o opositor Alberto Fernández tem 47,66% dos votos. Macri apareceria com apenas 32,08%. Roberto Lavagna aparece em 3º lugar com 8,23% dos votos.

Macri se antecipou à divulgação dos resultados e reconheceu um desempenho abaixo do esperado:

“Tivemos uma eleição ruim e isso nos obriga a partir de amanhã a redobrar nossos esforços. Dói que não tenhamos todo o apoio que esperávamos.”

Fernández é o candidato escolhido pela esquerdista Cristina Kirchner, que é vice na chapa. Segundo o site G1, ele falou em uma “Nova Argentina”:

“Nós não vamos restaurar um regime, vamos criar uma nova Argentina, que termine com este tempo de mentiras e que dê aos argentinos um horizonte melhor para o futuro. O conceito de vingança, divisão e qualquer outra coisa acabou. Nunca fomos loucos governando. Vamos arrumar os problemas que outros geraram.”

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram