- PUBLICIDADE -

Esquerdistas hostilizam Moraes e Witzel durante evento em Portugal

Esquerdistas hostilizam Moraes e Witzel durante evento em Portugal
- PUBLICIDADE -

O grupo criticava a participação do governador do Rio de Janeiro no evento em Portugal.

Militantes esquerdistas do Brasil protestaram durante seminário na Universidade de Coimbra, em Portugal.

Na sala, além do governador do Rio, Wilson Witzel, estavam presentes três ministros do Supremo Tribunal Federal (STF): Alexandre de Moraes, Ricardo Lewandowski e Marco Aurélio.

Moraes também foi hostilizado pelos estudantes, que o chamaram de “golpista”. Eles também gritavam “STF corrupto” e “STF vendido”, informa o site Metrópoles.

Os militantes seguravam cartazes com os dizeres “Marielle presente”, “Cadeia para Wilson Witzel” e “Com o STF, com tudo”, e gritavam: “fascistas, golpistas, não passarão”.

Organizadores tentaram conter o protesto, enquanto os estudantes repetiam: “quem dá voz para fascista é fascista também”.

Confira o vídeo:

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -