Petistas vandalizam entrada do Supremo aos gritos de ‘Lula livre’

Um grupo de simpatizantes do ex-presidente Lula jogou tinta vermelha em uma das entradas do Supremo Tribunal Federal (STF) no início da tarde desta terça-feira (24).

A militância fez uma performance em frente à sede do Supremo com gritos de “Lula livre” e cartazes que simbolizavam a Constituição.

Ao final, o grupo arremessou sacos plásticos com tinta vermelha contra o chão da área externa do Salão Branco, por onde os ministros entram para as sessões.

Segundo seguranças do tribunal, de 20 a 30 pessoas chegaram em duas vans para praticar o ato de vandalismo.

Uma parte dos envolvidos usava máscaras e narizes de palhaço. Todos deixaram o local antes de serem abordados.

A entrada do Salão Branco foi isolada e funcionários do tribunal começaram a realizar a limpeza. Os seguranças disseram que o grupo não fez ameaças físicas.

 

Adaptado da fonte Folha
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia