Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Estado Islâmico pede pelo assassinato de Barron, filho de Donald Trump

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COMPARTILHE

Jihadistas compartilharam detalhes pessoais da vida da criança em redes sociais, incluindo o endereço de sua escola.

A mensagem inicial, enviada em 21 de novembro por um jihadista do ISIS no Telegram, pediu pelo assassinato de Barron Trump e compartilhou o nome da escola do garoto junto com um mapa do Google identificando sua localização.

De acordo com informações divulgadas pelo instituto MEMRI, a mensagem foi disseminada por várias redes sociais utilizadas por membros e simpatizantes do Estado Islâmico.

Parece que com as duras derrotas sofridas pelo grupo no Iraque e na Síria, os terroristas estão se voltando cada vez mais para ameaças contra figuras conhecidas do mundo ocidental.

Alguns dias atrás, você viu por aqui uma matéria sobre a ameaça de ataque terrorista contra o Papa Francisco durante a celebração da missa de Natal.

Com informações de: (1)
- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram