Português   English   Español

Estado Islâmico pede pelo assassinato de Barron, filho de Donald Trump

Jihadistas compartilharam detalhes pessoais da vida da criança em redes sociais, incluindo o endereço de sua escola.

A mensagem inicial, enviada em 21 de novembro por um jihadista do ISIS no Telegram, pediu pelo assassinato de Barron Trump e compartilhou o nome da escola do garoto junto com um mapa do Google identificando sua localização.

De acordo com informações divulgadas pelo instituto MEMRI, a mensagem foi disseminada por várias redes sociais utilizadas por membros e simpatizantes do Estado Islâmico.

Parece que com as duras derrotas sofridas pelo grupo no Iraque e na Síria, os terroristas estão se voltando cada vez mais para ameaças contra figuras conhecidas do mundo ocidental.

Alguns dias atrás, você viu por aqui uma matéria sobre a ameaça de ataque terrorista contra o Papa Francisco durante a celebração da missa de Natal.

 

Com informações de: (1)

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter