‘Estamos diante de homicídios’, diz Janaina sobre Brumadinho

Idiomas:

Português   English   Español
'Estamos diante de homicídios', diz Janaina sobre Brumadinho
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A deputada eleita, Janaina Paschoal (PSL-SP), disse, nesta segunda-feira (28), que “há um equívoco” na abordagem sobre a lama que cobriu Brumadinho.

Para a jurista Janaina Paschoal, não se trata de crime ambiental. “Estamos diante de homicídios!”, disse ela.

Desde sexta-feira (25) quando a barragem da Vale rompeu e a enxurrada de lama matou pelo menos 65 e fez desaparecer outros 292, ela tem se manifestado com veemência nas redes.

“Muitos têm escrito que eu não entendo de barragem. Mas eu entendo de Direito Penal. A abordagem está equivocada e esse equívoco pode colaborar para termos outras mortes”, alerta a deputada eleita.

Janaina diz que tem lido que a legislação ambiental não pode ser flexibilizada:

“O artigo 121 (homicídio) do Código Penal não foi flexibilizado. É muito difícil enfrentar os problemas da realidade, quando se tem dificuldade para identificá-los corretamente. A Vale e os responsáveis por ela são controladores de ‘fontes de perigo’. Perigo para a vida humana!”

Segundo o jornal “Gazeta do Povo“, a advogada escreveu:

“Eu sei que há muita preocupação com os rios, com a flora e com a fauna. Eu também me preocupo. Mas minha prioridade são vidas humanas e os fatos mostram que ainda há riscos.”

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as principais notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque