Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

‘Estamos muito abaixo do recorde de desmatamento’, diz Salles

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
'Estamos muito abaixo do recorde de desmatamento', diz Salles

“Nós estamos muito abaixo do recorde de desmatamento, ao contrário do que saiu em alguns meios de comunicação”, disse Salles.

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, disse que os números divulgados pelo Inpe ficaram “muito aquém do esperado” e não representam um recorde no índice de desmatamento na Amazônia.

Em entrevista à rádio Jovem Pan, nesta terça-feira (19), Salles disse que “é preciso colocar os números no seu devido lugar”: 

“Nós estamos muito abaixo do recorde de desmatamento, ao contrário do que saiu em alguns meios de comunicação. O recorde de desmatamento é de 28 mil km2, e agora estamos falando de 9,7 mil km2, portanto é praticamente um terço do que foi o recorde de desmatamento.” 

O ministro acrescentou:

“Em segundo lugar, o aumento do desmatamento que nós estamos verificando vem, na verdade, de 2012 em diante.”

Em relação ao aumento de 29,5% no desmatamento no período de 12 meses encerrado em julho, Salles afirmou:

“Muitas das manchetes sensacionalistas ao longo dos últimos meses diziam que o desmatamento havia aumentado 300%, 270%, 88%. Muito bem, o número é 29%, não é 300%, não é 270%, não é 88%. É 29%. Estamos contentes com 29%? Não, não estamos, nós somos contra as atividades ilegais, este é um governo da tolerância zero com a criminalidade, inclusive contra a criminalidade que está lá na floresta.”

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias