Estande de tiro usa caricaturas de Dilma, Lula e Temer como alvo

Empresa de Londrina cancelou “brincadeira” após caso ganhar repercussão nas redes sociais. Diretório do PT divulgou nota de repúdio “com imensa indignação”.

Um estande de tiro que funciona em um shopping de Londrina, no Paraná, causou polêmica ao usar caricaturas dos ex-presidentes petistas Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff como alvo para armas de ar comprimido.

De acordo com informações da Gazeta do Povo:

O caso foi denunciado pela deputada federal Jandira Feghalli (PC do B-RJ), que compartilhou as imagens no Facebook.

A empresa diz que tudo não passou de uma “brincadeira” e que retirou as imagens, inclusive uma do atual presidente Michel Temer.

A revista Veja também publicou matéria sobre o assunto:

Apesar de garantir que, durante algum tempo, a proposta de gosto duvidoso tivesse despertado interesse no público, o estabelecimento acabou decidindo encerrar a “atração especial”. “Deu muita polêmica. Era uma caricatura, muita gente não entendeu”, afirmou um funcionário, que preferiu não se identificar.

Segundo ele, as imagens não eram exibidas de forma ostensiva e só viravam “alvos” se algum cliente solicitasse. O funcionário fez questão de dizer, também, que a prática é comum em lojas do gênero no país. O estabelecimento paranaense cobra 25 reais por uma sessão de 100 disparos, sem restrições de idade.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *