Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Estoque de cloroquina no Brasil aumenta 30%

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Forças Armadas aceleram produção de cloroquina no Brasil
Imagem: Reprodução/Twitter

A cloroquina é utilizada por pacientes com lúpus, malária e artrite reumatoide. Fármaco também está sendo aproveitado contra a Covid-19.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) compilou dados da indústria farmacêutica e do Exército Brasileiro sobre a produção nacional de medicamentos à base de cloroquina e hidroxicloroquina.

Em menos de um mês, o estoque disponível¹ dos dois fármacos no Brasil aumentou 30%.

O volume era de 8,9 milhões de comprimidos no fim de março. Na segunda semana de abril já passava de 11,6 milhões

A atuação das Forças Armadas foi a principal responsável por este crescimento: 1,25 milhão de comprimidos foram produzidos² pelo Exército no período.

Na manhã desta quarta-feira (20), após determinação do presidente da República, Jair Bolsonaro, o ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello, aprovou novo protocolo permitindo a utilização dos medicamentos em todos os estágios da infecção por coronavírus.

Referências: [1][2]

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias