- PUBLICIDADE -

‘Estritamente em cumprimento ao STF’, diz Twitter sobre suspensão de perfis

Moraes critica projeto que enfraquece punição de crimes
Imagem: Reprodução/Twitter
- PUBLICIDADE -

Alvos de investigações por suposta disseminação de fake news foram suspensos pelo Twitter.

Apoiadores do presidente da República, Jair Bolsonaro, tiverem contas no Twitter suspensas, nesta sexta-feira (24), por decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), no âmbito do controverso inquérito das fake news.

Ao tentar acessar os perfis apagados, uma mensagem informando que as contas foram bloqueadas por motivos legais, por decisão da Justiça do Brasil. Confira os alvos.

Em maio, eles foram alvos de busca e apreensão autorizadas pelo ministro, em desdobramento do inquérito das fake news, que apura ataques a ministros da Corte e disseminação de notícias falsas.

Em nota à imprensa, o Twitter disse que “agiu estritamente em cumprimento a uma ordem legal proveniente de inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF)”.

Advogados dos investigados disseram ao portal G1 que recorreram da decisão do ministro do STF.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -