Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Estrutura do novo coronavírus transformada em música

REDAÇÃO RENOVA Mídia

REDAÇÃO RENOVA Mídia

Estrutura do novo coronavírus transformada em música
Imagem: Divulgação/Markus J. Buehler
COMPARTILHE

O objetivo dos cientistas é criar uma outra forma de organizar as informações do coronavírus para melhor compreendê-lo.

Uma equipe de cientistas do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), dos Estados Unidos, traduziu a estrutura da coroa do novo coronavírus em música.

Usando uma técnica chamada sonificação, os pesquisadores atribuíram uma nota para cada aminoácido do vírus em uma escala musical. 

Em seguida, a equipe escolheu os instrumentos musicais com base em gostos pessoais, sendo o principal o koto, um instrumento típico do Japão

Logo após, uma inteligência artificial transformou a estrutura do vírus em música, gerando um áudio de quase duas horas. 

Apesar do viés artístico, a iniciativa tem grande valor científico. A sonificação ajuda a expressar informações de um jeito diferente do visto habitual pelos cientistas.

O pesquisador principal do estudo, Markus Buehler, que também musicista, declarou:

“Nossos cérebros são ótimos no processamento de sons. De uma só vez, nossos ouvidos conseguem captar todas suas características: tom, timbre, volume, melodia, ritmo e acordes. Para ver esses mesmos detalhes em uma imagem, precisaríamos de um microscópio de altíssima potência – e nunca conseguiríamos observar tudo ao mesmo tempo.”

E, segundo o site ClassicFm, acrescentou:

“Quem ouve a sinfonia relaxante sem saber sua história dificilmente imagina que o que está por trás dela é um vírus que já causou mais de 87 mil mortes pelo mundo. [A música] engana nosso ouvido da mesma maneira que o vírus engana nossas células. É um invasor disfarçado de visitante amigável.”

Confira a música do novo coronavírus no vídeo abaixo:

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram