Estudante que tentou ataque com bomba postava mensagens jihadistas

A polícia de St. George continua investigando os motivos de um estudante ter deixado uma mochila com materiais explosivos em uma escola secundária.

O aluno, cujo nome e idade não foram divulgados, foi preso na segunda-feira (05) depois que sua mochila foi encontrada com explosivos na Pine View High School, na área onde os alunos almoçavam.

Estudantes alertaram as autoridades ao perceberam que a mochila do estudante detido estava “fumegando”. De acordo com uma declaração publicada na terça-feira pela polícia:

A partir dessa investigação inicial, foi determinado que um dispositivo explosivo caseiro estava dentro da mochila. Depois de examinar o dispositivo, membros do esquadrão de bomba indicaram que, se tivesse detonado, o artefato tinha o potencial de causar lesões significativas, inclusive a morte.

A escola foi evacuada enquanto as autoridades locais e federais investigavam. Enquanto a análise acontecia, um estudante masculino da escola foi identificado como o suspeito.

Um mandado de busca na residência do jovem localizou itens consistentes com os materiais utilizados para construir a bomba colocada na escola Pine View.

“Com base em nossa investigação, podemos confirmar que esta foi uma tentativa fracassada de detonar um explosivo caseiro no escola “, escreveu a polícia.

As autoridades também determinaram que o extremista “estava pesquisando informações e promovendo a organização Estado Islâmico“.

A polícia acredita que o mesmo adolescente é responsável por graffiti pintados com spray em uma parede no escola Hurricane com declarações jihadistas.

 

Com informações de: [KSL]
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *