Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Estudante dos EUA resolve enigma matemático de meio século

Estudante dos EUA resolve enigma matemático de meio século
COMPARTILHE

“O problema do nó de Conway ficou sem solução durante muito tempo”, disse pesquisador sobre o feito da estudante.

Uma estudante universitária dos Estados Unidos solucionou, em menos de uma semana, um enigma matemático que ficou sem resposta por mais de 50 anos.

Lisa Piccirillo usou seu tempo livre para decifrar o chamado “nó de Conway”, proposto pelo britânico John Horton Conway.

Enquanto cursava doutorado na Universidade do Texas, em 2018, Lisa conversou com o professor de matemática Cameron Gordon, ela comentou despretensiosamente o que havia descoberto alguns dias antes.

“Ele começou a gritar: ‘Por que você não está mais animada?’ Ele ficou louco”, lembrou a estudante

A solução acabou sendo publicada¹ em março pela prestigiada revista Annals of Mathematics.

O matemático Javier Aramayona, pesquisador da UAM (Universidade Autônoma de Madri) e membro do ICMAT (Instituto de Ciências Matemáticas) da Espanha, explicou:

“O problema do nó de Conway ficou sem solução durante muito tempo e muitos matemáticos brilhantes se debruçaram sobre ele sem conseguir resolvê-lo.”

Em 1970, o matemático prolífico, influente e carismático, John Horton Conway, propôs um nó com 11 cruzamentos e, desde então, os matemáticos tentaram, sem sucesso, responder se era possível ou não fatiá-lo.

Referências: [1]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários