Estúdio de Coppola insere blockchain no mundo do cinema

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Decentralization Now: estúdio de Coppola tenta trazer blockchain para o cinema.

Um novo projeto da icônica produtora Zoetrope, de Francis Ford Coppola, está se preparando para entrar no ar.

A Decentralized Pictures se apresenta como uma plataforma descentralizada que aproveita blockchain e tokens digitais para selecionar filmes para financiamento e apoio à produção. 

Após quatro anos de desenvolvimento, a versão beta do aplicativo de financiamento de filmes está nas últimas semanas de preparação. 

Trata-se de um feito inédito nos Estados Unidos. “A primeira organização sem fins lucrativos 501 (c) (3) a emitir ativos digitais de acordo com a Securities Act de 1933”, diz o site Criptofacil.

A inserção da tecnologia blockchain no mercado cinematográfico pode ser um teste revelador.

Afinal, o mundo da Sétima Arte é conhecido por ser bem isolado. 

O caminho para o lançamento de um filme no cinema geralmente se abre por meio de conexões pessoais, apresentações e conhecimento interno.

A Decentralized Pictures, ou DCP, foi co-fundada por Roman Coppola, filho do lendário diretor Francis Ford Coppola.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.