Português   English   Español
Português   English   Español

Estudo sugere presença de metais preciosos na superfície da Lua

Estudo sugere presença de metais preciosos enterrados na Lua

Cada vez mais tomamos conhecimento sobre o quanto ainda desconhecemos acerca da Lua.

Geólogos do Canadá e dos Estados Unidos acreditam na presença de um repositório de metais preciosos escondido na superfície do nosso satélite natural.

De acordo com o novo estudo, foram estabelecidos paralelos entre os depósitos minerais encontrados no planeta Terra e os da Lua.

Em comunicado publicado pelo site Phys, o pesquisador James Brenan, da Universidade Dalhousie, no Canadá, declarou:

“Temos sido capazes de ligar o conteúdo de enxofre das rochas vulcânicas lunares à presença de sulfureto de ferro no interior da Lua. O exame dos depósitos minerais na Terra sugere que o sulfeto de ferro é um ótimo lugar para armazenar metais preciosos, como platina e paládio.”

No entanto, as primeiras medições das concentrações de metais preciosos em rochas vulcânicas lunares feitas em 2006, mostraram níveis excecionalmente baixos.

A investigação oferece uma explicação sobre os níveis surpreendentemente baixos e acrescenta uma visão valiosa sobre a composição da Lua.

Segundo o site PPlware, Brenan completou:

“Os nossos resultados mostram que o enxofre em rochas vulcânicas lunares é uma impressão digital da presença de sulfureto de ferro no interior rochoso da Lua, que é onde pensamos que os metais preciosos foram deixados para trás quando as lavas foram criadas.”

Apesar da expectativa dos cientistas, o estudo, que foi publicado em agosto na revista especializada Nature Geoscience, não fornece uma estimativa sólida da composição de metais preciosos no solo da Lua. 

Compartilhe_

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias_

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email: