- PUBLICIDADE -

Estudos da vacina chinesa são retomados com autorização da Anvisa

EUA compram 100 milhões de doses de vacina contra coronavírus
- PUBLICIDADE -

Anvisa “tem subsídios suficientes para permitir a retomada" dos estudos.

A Agência Nacional de vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, nesta quarta-feira (11), a retomada dos testes clínicos da Coronavac, vacina desenvolvida pela China contra o coronavírus

No Brasil, o imunizante é produzido pelo laboratório chinês Sinovac em conjunto com o Instituto Butantan, de São Paulo

O anúncio acontece após a suspensão dos testes na segunda-feira (9), ocasionado pela morte de um dos voluntários da vacina em território brasileiro.  

Classificado como “evento adverso grave”, o caso é considerado como possível suicídio de um homem de 32 anos. 

Em nota, a Anvisa afirmou 

“Após avaliar os novos dados apresentados pelo patrocinador depois da suspensão do estudo, a ANVISA entende que tem subsídios suficientes para permitir a retomada da vacinação e segue acompanhando a investigação do desfecho do caso para que seja definida a possível relação de causalidade entre o EAG inesperado e a vacina.” 

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -