Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

EUA acusam China de interferência no Vietnã

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
EUA acusam China de interferência no Vietnã

A principal preocupação norte-americana é com a interferência chinesa na Zona Econômica Exclusiva vietnamita.

O governo dos Estados Unidos está “profundamente preocupado” com a contínua interferência da China nas atividades de petróleo e gás no Vietnã.

Em comunicado, uma porta-voz do Departamento de Estados dos EUA afirmou que o comportamento de Pequim lança dúvidas sobre seu compromisso com a resolução pacífica de disputas em áreas marítimas.

O governo Donald Trump diz que a China tem adotado nas últimas semanas “uma série de medidas agressivas” para interferir em atividades econômicas bem estabelecidas na Associação das Nações do Sudeste Asiático (Asean).

Segundo a Casa Branca, a movimentação é uma tentativa chinesa de vetar alianças com companhias de petróleo e gás do exterior, impondo custos econômicos ao Sudeste Asiático e bloqueando o acesso à região de estimados US$ 2,5 trilhões em recursos de hidrocarbonetos não explorados.

“Os Estados Unidos estão comprometidos em impulsionar a segurança energética de nossos parceiros e aliados na região do Indo-Pacífico e na garantia de produção de petróleo e gás regional sem interrupções para o mercado global”, afirma a nota da administração Trump, segundo o jornal Gazeta do Povo.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email