EUA acusam hackers chineses de roubar pesquisas de vacinas

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Washington acusa hackers chineses de roubar dados sobre pesquisa de vacina contra coronavírus.

O assistente do procurador-geral dos Estados Unidos para a Segurança Nacional, John Demers, acusou, nesta terça-feira (21), dois hackers da China de roubo de informações sobre projetos de vacina contra o coronavírus.

Li Xiaoyu, 34 anos, e Dong Jiazhi, 33, também foram acusados de ataques contra ativistas de direitos humanos dos EUA e de Hong Kong e por violação da propriedade intelectual de empresas americanas.

Ambos trabalhavam para o ministério da Segurança de Estado da China, ainda de acordo com Demers, destaca o jornal Folha.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.