Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

EUA acusam membro da gangue MS-13 de terrorismo pela primeira vez

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COMPARTILHE

“MS-13 é uma organização criminosa transnacional violenta cujas atividades criminosas não respeitam fronteiras”, diz o governo norte-americano.

A Justiça dos Estados Unidos anunciou, nesta quarta-feira (15), que acusará pela primeira vez um integrante da gangue Mara Salvatrucha, mais conhecida por MS-13, de terrorismo.

O líder da gangue, Armando Eliu Melgar Díaz, que encontra-se detido em El Salvador, foi acusado por um tribunal federal da Virgínia de liderar atividades do MS-13 na costa leste dos EUA, ordenar e permitir inúmeros assassinatos, supervisionar várias empresas do narcotráfico e por recolher dinheiro de cerca de 20 “clicas” (unidades) locais do grupo.

O Departamento de Justiça americano acusa Díaz de conspiração para fornecer apoio material a terroristas e conspiração para cometer atos de terrorismo entre as fronteiras, além de financiar o narcoterrorismo e outros crimes, destaca a agência France-Presse.

John Durham, funcionário do Departamento de Justiça responsável pela equipe especial que investiga a gangue, declarou:

“O MS-13 é uma organização criminosa transnacional violenta cujas atividades criminosas não respeitam fronteiras.”

E acrescentou:

“A única maneira de derrotar o MS-13 é atingir a organização como um todo, concentrar na estrutura de liderança e implementar uma abordagem integral do governo contra um inimigo comum.”

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.