- PUBLICIDADE -

EUA acusam Rússia de agravar tensões na Venezuela

EUA acusam Rússia de agravar tensões na Venezuela
- PUBLICIDADE -

A chegada de aviões militares da Rússia à Venezuela gerou críticas da Casa Branca.

Mike Pompeo, chanceler dos Estados Unidos, acusou nesta segunda-feira (25) a Rússia de agravar as tensões na Venezuela.

O Secretário de Estado norte-americano acusou o governo de Vladimir Putin de reforçar presença militar para apoiar a ditadura de Nicolás Maduro e advertiu que Washington não permanecerá de braços cruzados diante disso.

“Os Estados Unidos e os países da região não ficarão de braços cruzados enquanto a Rússia exacerba as tensões na Venezuela”, declarou Pompeo a seu colega russo, Sergei Lavrov, durante uma ligação telefônica, segundo a ISTOÉ.

No sábado, dois aviões das Forças Armadas da Rússia aterrissaram no aeroporto de Maiquetía, em Caracas, transportando militares e equipamentos.

Um grupo de cem soldados liderados pelo general russo Vasily Tonkoshkurov está na Venezuela. Segundo a RENOVA, 35 toneladas de materiais chegaram junto com a missão militar.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -