EUA alertam Brasil que Huawei enfrenta intensa escassez de chips

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Brasil deve levar isso em consideração”, diz assessor de Biden.

O governo dos Estados Unidos vem aplicando medidas com o objetivo de dificultar a venda de componentes de chips e outros produtos de alta tecnologia a empresas da China.

Na semana passada, uma missão da Casa Branca liderada pelo conselheiro de Segurança Nacional, Jake Sullivan, passou pelo Brasil e alertou o governo do presidente Jair Bolsonaro que a gigante chinesa Huawei está enfrentando uma escassez de chips, o que pode prejudicar o país durante uma possível implementação da tecnologia 5G.

Nesta segunda-feira (9), em entrevista a um veículo de imprensa, o diretor sênior do Conselho de Segurança Nacional para o Hemisfério Ocidental, Juan González, que estava na comitiva que veio ao Brasil, confirmou o alerta feito pelo governo de Joe Biden.

Dissemos ao governo brasileiro que devem levar isso em consideração”, afirmou González.

Os americanos não produzem equipamentos para a rede 5G, mas têm pressionado seus aliados a darem preferência aos produtos de empresas da Europa, como a Ericsson e a Siemens.

A Huawei está enfrentando grandes desafios em sua cadeia de suprimentos de semicondutores. Ela deixará os clientes internacionais na mão ao não cumprir seus compromissos, pois vai priorizar a implantação doméstica de 5G na China”, acrescentou González.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.