PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

EUA alertam para ‘influência maligna’ da China na ONU

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

"Eles [China] exercem enorme influência sobre as Nações Unidas”, alerta diplomata.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Linda Thomas-Greenfield, embaixadora dos Estados Unidos na ONU, denunciou, nesta quarta-feira (17), a “influência maligna” da China na entidade internacional.

De acordo com ela, o Partido Comunista Chinês (PCCh) estaria tentando colocar seus candidatos em cargos-chave em várias agências da ONU. 

A diplomata disse que o governo do democrata Joe Biden pretende combater esta movimentação da China na ONU:

“Eles [China] exercem enorme influência sobre as Nações Unidas, e é uma influência maligna, uma influência que promove uma visão autoritária do multilateralismo, e temos que combatê-la a cada passo.”

O alerta foi feito por Thomas-Greenfield em pronunciamento ao Comitê de Relações Exteriores do Congresso dos EUA.

A embaixadora disse que os EUA tenta enviar:

“O objetivo daqueles que trabalham contra nós é claro: criar um ambiente internacional mais propício ao autoritarismo.”

Thomas-Greenfield completou:

“Nas Nações Unidas, estamos em uma batalha pela alma do mundo. É por isso que é fundamental que os Estados Unidos liderem.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.