- PUBLICIDADE -

EUA alertam para intolerância à liberdade de expressão na Rússia

Rússia diz que irá responder às novas sanções dos EUA

"Nós continuamos profundamente preocupados com a crescente intolerância”, diz o chanceler.

- PUBLICIDADE -

O chanceler dos Estados Unidos, Antony Blinken, afirmou, neste sábado (27), que o país está “profundamente preocupado” com a crescente intolerância à liberdade de expressão na Rússia.

Em um comunicado, Blinken declarou:

“Ao nos lembrarmos de Nemtsov, reafirmamos nosso compromisso inabalável com os direitos humanos e as liberdades fundamentais.”

E acrescentou:

“Nós continuamos profundamente preocupados com a crescente intolerância do governo russo com todas as formas de expressão independente.”

A declaração do chanceler norte-americano foi proferida no sexto aniversário do assassinato do político russo Boris Nemtsov.

Crítico declarado do presidente Vladimir Putin, Nemtsov foi assassinado a tiros em uma ponte de Moscou perto do Kremlin em 27 de fevereiro de 2015.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -