- PUBLICIDADE -

EUA ampliam sanções contra o grupo chinês Huawei

Huawei quer criar 'exército de ferro' para enfrentar EUA

As sanções mais rigorosas acontecem em um momento de grande tensão entre EUA e China.

- PUBLICIDADE -

O governo Donald Trump anunciou, nesta segunda-feira (17), que vai ampliar as sanções contra a empresa Huawei, da China, para bloquear o acesso da empresa a chips e outras tecnologias.

O Departamento do Comércio adicionou 38 filiais da Huawei em todo o mundo à “lista de entidades” alvo de sanções.

A administração alegou que a empresa chinesa está utilizando subsidiárias internacionais para evitar as sanções que impedem a exportação de tecnologia dos Estados Unidos.

“Estas ações, efetivas de maneira imediata, vão bloquear as tentativas da Huawei de evitar o controle das exportações americanas”, afirmou o Departamento de Comércio em um comunicado, segundo a agência France-Presse.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -