- PUBLICIDADE -

EUA anunciam cooperação com a Rússia na Síria para proteger Israel

- PUBLICIDADE -

O presidente norte-americano, Donald Trump, afirmou nesta segunda-feira (16) que o governo dos Estados Unidos cooperará com a Rússia para garantir a segurança de Israel na Síria.

Em entrevista coletiva logo após o encontro de Trump com Putin na Finlândia, o presidente americano declarou:

Ambos falamos com Bibi (apelido do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanhay) e eles gostariam de fazer certas coisas na Síria relacionadas com a segurança de seu país. Rússia e Estados Unidos trabalharão juntos neste assunto.

Na entrevista coletiva conjunta, Vladimir Putin revelou que Israel tomou boa parte das quatro horas do encontro com Donald Trump, a primeira reunião formal entre eles desde que o republicano chegou ao poder em 2016.

Além disso, Putin pediu a Israel e à Síria para cumprirem o acordo de cessar-fogo de 1974 sobre as Colinas de Colã, ocupadas pelo Exército israelense durante a Guerra dos Seis Dias (1967).

Israel e Síria estão tecnicamente em guerra. As Colinas de Golã foram palco de vários incidentes desde o início do conflito na Síria em 2011. Em várias ocasiões, o governo israelense denunciou a presença na região de milícias iranianas e do grupo xiita libanês Hezbollah, leais ao governo de Bashar al Assad.

Ao concluir a cúpula, tanto Putin como Trump consideraram que a reunião foi útil e mudou a relação entre os dois países.

 

Com informações da Agência Brasil

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -