Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

EUA anunciam venda de 18 torpedos pesados a Taiwan

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
China pede aos EUA anulação imediata da venda de armas a Taiwan

China considera a ilha de Taiwan parte de seu território. Decisão dos EUA deve elevar a tensão regional.

Em decisão que deve enfurecer a China, o governo dos Estados Unidos anunciou, nesta quarta-feira (20), a aprovação da venda de 18 torpedos pesados MK-48 a Taiwan.

O valor da transação militar foi de US$ 180 milhões.

Em nota¹ à imprensa, o Departamento de Estado dos EUA diz que o negócio “serve aos interesses econômicos e de segurança nacional, ao ajudar [Taiwan] a modernizar suas forças armadas e conservar uma capacidade de defesa confiável”.

O governo Donald Trump também disse que a negociação ajudará a “manter a estabilidade política, o equilíbrio de forças e o progresso econômico da região”.

Os torpedos MK-48, concebidos para serem lançados de submarinos, não serão solicitados a nenhum fabricante, mas sairão² do estoque da Marinha dos EUA.

A China considera a ilha de Taiwan parte de seu território. Taiwan, por sua vez, que tem moeda, bandeira, Exército, diplomacia e governo próprios, está politicamente separada da China há quase oito décadas.

Nesta quarta-feira (20), em discurso de posse para um segundo mandato, a presidente Tsai Ing-wen afirmou que Taiwan não pode aceitar se tornar parte da China nos moldes da oferta de autonomia “um país, dois sistemas”.

Tsai disse³ que o regime comunista deve aceitar a convivência pacífica e que o regime democrático taiwanês nunca aceitará ser dominado por Pequim

Referências: [1][2][3]

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias