- PUBLICIDADE -

EUA aplicam sanções contra centros de supercomputação da China

EUA aplicam sanções contra centros de supercomputação da China
- PUBLICIDADE -

Biden aplica sanções contra entidades chinesas especializadas em supercomputadores.

O Departamento de Comércio dos Estados Unidos anunciou, na última quinta-feira (8), que colocou sete entidades da China especializadas em supercomputadores em sua lista de empresas sob sanções.

O governo Joe Biden alegou que estas empresas são uma ameaça à sua segurança. 

A secretária de Comércio, Gina Raimondo, disse que com isso, pretende-se “evitar que a China aproveite a tecnologia americana para apoiar seus esforços desestabilizadores de modernização militar”.

A partir de agora, segundo Raimondo, estas empresas precisarão de uma licença especial para exportar e importar dos EUA:

“As capacidades de supercomputação são vitais para o desenvolvimento de muitas – talvez quase todas – armas modernas e sistemas de segurança nacional, como as armas nucleares e as hipersônicas.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -