- PUBLICIDADE -

EUA aplicam sanções contra Rússia por envenenamento de Navalny

EUA dão 60 dias para Rússia respeitar tratado nuclear

Washington insistiu em seu apelo para que Moscou libertasse o líder da oposição.

- PUBLICIDADE -

Para o governo dos Estados Unidos, não há dúvida: a Rússia está por trás da “tentativa de assassinato” de  Alexei Navalny, o principal opositor do presidente Vladimir Putin.

Com base neste cenário, os EUA anunciaram, nesta terça-feira (2), a imposição de sanções contra sete altos funcionários russos.

A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, comentou:

“A comunidade de Inteligência considera com um alto nível de confiança que funcionários do Serviço Federal de Segurança (FSB) da Rússia usaram um agente nervoso conhecido como Novichok para envenenar o líder opositor russo Alexei Navalny em 20 de agosto de 2020.”

Já o chefe da diplomacia dos EUA, Antony Blinken, acrescentou:

“O governo dos EUA exerceu sua autoridade para enviar um sinal claro de que o uso de armas químicas e abusos dos direitos humanos pela Rússia têm sérias consequências.”

A punição prevê, entre outras coisas, o congelamento dos bens dos sancionados nos Estados Unidos.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -