EUA aponta redução significativa de imigração ilegal de Cuba

Os Estados Unidos apontaram uma queda “significativa” da imigração ilegal proveniente de Cuba desde janeiro de 2017, quando foram cancelados os benefícios migratórios aos cubanos que entram de maneira irregular no país.

“As detenções de imigrantes cubanos nos portos de entrada dos Estados Unidos diminuíram em 88% do ano fiscal 2017 para 2018”, apontou o Departamento de Estado.

Os dados foram concedidos em uma reunião migratória semestral que aconteceu na quarta-feira (11) em Washington com representantes de ambos os países.

“As delegações discutiram a redução significativa da emigração irregular de Cuba para os Estados Unidos desde a implementação da Declaração Conjunta de janeiro de 2017”, apontou o comunicado.

Estados Unidos e Cuba restabeleceram plenamente suas relações diplomáticas em 2015, após meio século de rompimento e desconfiança mútua.

Essa aproximação foi abalada após os “ataques acústicos” supostamente ocorridos no ano passado contra diplomatas americanos, depois da qual os Estados Unidos suspenderam a emissão de vistos em Cuba. Nesse contexto, os EUA expulsaram 17 diplomatas da representação cubana em Washington.

 

Com informações da AFP
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia