- PUBLICIDADE -

EUA apontam ‘reivindicações ilegais’ da Rússia no Ártico

EUA apontam ‘reivindicações ilegais’ da Rússia no Ártico
Foto: U.S. Navy/Mass Communication Specialist 2nd Class Anthony J. Rivera/Released
- PUBLICIDADE -

"Vemos a Rússia fazer reivindicações marítimas ilegais”, dizem os EUA.

O chanceler Antony Blinken, dos Estados Unidos, fez novos apelos, nesta terça-feira (18), para evitar a militarização do Ártico.

Em uma entrevista coletiva ao lado do chanceler da Islândia, em Reykjavik, Blinken disse que o governo da Rússia faz “reivindicações marítimas ilegais” na região:

“Vemos a Rússia fazer reivindicações marítimas ilegais, particularmente sua regulamentação de embarcações estrangeiras transitando pela rota do Mar do Norte, que não são condizentes com a lei internacional.”

Blinken acrescentou:

“Temos preocupações a respeito de algumas das atividades militares intensificadas no Ártico.”

Como noticiou a Renova, o governo russo de Vladimir Putin deixou claro que considera a região do Ártico como seu território.

Está claro para todos, há muito tempo, que esta é nossa terra, nosso território. Respondemos pela segurança do nosso litoral, e tudo o que fazemos ali é perfeitamente legal e legítimo”, disse o chanceler russo.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -