EUA apresentam plano para novas eleições na Venezuela

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Nicolás Maduro deve partir”, insistiu o secretário de Estado dos EUA.

Mike Pompeo, chanceler dos Estados Unidos, pediu, nesta terça-feira (31), a Nicolás Maduro e a Juan Guaidó que deixem o caminho livre para que novas eleições possam ser organizadas na Venezuela

O novo pleito, de acordo com os norte-americanos, seria realizado por um “Conselho de Estado” constituído por ambos os lados do cenário político venezuelano.

Em coletiva de imprensa, Pompeo defendeu que um governo de transição deve ser estabelecido na Venezuela, a fim de organizar novas eleições presidenciais:

“O presidente do governo de transição não poderia se candidatar para presidente nestas eleições.”

Questionado sobre se Guaidó poderia ser candidato nas novas eleições, Pompeo concordou: 

“Absolutamente sim. É o político mais popular na Venezuela. Acredito que, se as eleições fossem realizadas hoje, ele poderia se sair muito bem.”

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.