Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

EUA aprovam medicamento apelidado de ‘viagra feminino’

EUA aprovam medicamento apelidado de ‘viagra feminino’

Mulheres com baixa libido agora podem contar com um medicamento ao estilo “viagra” para contornar o problema.

Na semana passada, a Food and Drug Administration (FDA) — agência americana para controle de medicamentos — aprovou uma injeção para melhorar o desejo sexual de mulheres na pré-menopausa ou que sofrem da síndrome do desejo sexual hipoativo (DSH).

Ao contrário das versões que já estavam disponíveis no mercado, a nova medicação não é de uso constante, podendo ser tomada apenas quando necessário.

As instruções indicam que o Vyleesi, nome comercial do bremelanotida, deve ser injetado na coxa ou no abdômen, 45 minutos antes da relação sexual.

Outra novidade é que a injeção pode ser utilizada mesmo se a mulher tiver ingerido álcool, informa a revista Veja.

Estima-se que 8% a 10% das mulheres tenham DSH – uma das disfunções sexuais que mais afetam a população feminina.

O problema tem alto impacto na autoestima e autoconfiança da mulher, além de interferir no relacionamento e abalar sua imagem corporal.

Por este motivo, a existência de um medicamento menos restritivo capaz de estimular a libido é extremamente importante para essas mulheres.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email