EUA classificam Conselho de Direitos Humanos como “maior fracasso” da ONU

O governo de Donald Trump acusou o Conselho da ONU de parcialidade contra Israel e condenou “hipocrisia” de vários de seus membros – como China, Egito, Venezuela e Cuba.

A embaixadora dos Estados Unidos, Nikki Haley, classificou nesta quarta-feira (18) o Conselho de Direitos Humanos como o “maior fracasso” das Nações Unidas, enquanto defendia a decisão de Washington de abandonar o organismo da ONU.

Haley disse ao The Heritage Foundation, um “think tank” com sede em Washington, que o organismo “deu cobertura, não condenações, aos regimes mais desumanos do mundo”.

“Considerando quão longe ficou de cumprir o prometido, o Conselho de Direitos Humanos é o maior fracasso das Nações Unidas”, afirmou.

No mês passado, Haley anunciou que os Estados Unidos iriam renunciar ao Conselho, acusado de parcialidade contra Israel e condenando a “hipocrisia” de vários de seus membros – como China, Egito, Venezuela e Cuba.

Para ela, o Conselho não foi “um lugar de consciência, mas de política”, acrescentando que a atenção foi focada “injusta e incessantemente sobre Israel”.

Com informações da EXAME
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia