- PUBLICIDADE -

EUA cobram prontuários de cientistas de laboratório na China

EUA cobram prontuários de cientistas de laboratório na China
- PUBLICIDADE -

Apesar do receio da China, EUA querem descobrir origem exata do coronavírus.

O infectologista Anthony Fauci, principal conselheiro do governo dos Estados Unidos para o combate à pandemia, cobrou da China informações sobre cientistas do Instituto de Virologia de Wuhan, possível ponto de partida do novo coronavírus.

Fauci pediu a divulgação dos prontuários médicos de algumas pessoas que tiveram sintomas similares aos da Covid-19 antes do início da crise sanitária.

Em entrevista ao jornal britânico Financial Times, Fauci declarou:

“Gostaria de ver os prontuários das três pessoas que teriam ficado doentes em 2019. Elas realmente adoeceram e, em caso positivo, o que elas tiveram? A mesma coisa com os mineiros que adoeceram anos atrás. O que os prontuários dessas pessoas dizem?”

Por outro lado, Pequim rechaça a tese de que o coronavírus tenha escapado de um dos seus laboratórios.

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China comentou:

“Esperamos que os EUA adotem uma postura científica e cooperativa, assim como a China, que convidou especialistas da OMS para realizarem pesquisas sobre a origem do vírus.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -