EUA congela financiamento para os Capacetes Brancos na Síria

Os Capacetes Brancos não estão recebendo nenhum financiamento dos Estados Unidos há alguma semanas.

O Departamento de Estado disse que o apoio ao grupo está “sob revisão”. Os EUA são responsáveis por cerca de 1/3 de todo financiamento da organização.

“Este é um desenvolvimento muito preocupante”, disse um funcionário do White Helmets. “Em última análise, isso afetará negativamente a capacidade dos trabalhadores humanitários de salvar vidas”.

O grupo tem um “plano de emergência” se o financiamento for interrompido por um ou dois meses – mas eles estão preocupados com um congelamento a longo prazo.

Este congelamento das verbas americanas aos Capacetes Brancos é um desenvolvimento interessante, já que esta organização foi uma das primeiras a fazer alegações de que houve um ataque com armas químicas realizado pela Síria em Douma no dia 7 de abril. A Rússia classificou a acusação como uma notícia falsa.

O Capacetes Brancos, também conhecidos como a Defesa Civil da Síria, é um grupo que declara contar com 3.000 voluntários de resgate e alega ter salvo milhares de vidas desde o início da guerra no país. No entanto, esta narrativa de que o grupo é apenas uma entidade neutra na Síria levanta dúvidas até mesmo na sociedade dos EUA.

A redução do financiamento dos Capacetes Brancos pode indicar que o governo Trump entende que a organização está perdendo sua credibilidade entre o público internacional.

 

Com informações de: [CBS, SouthFront]
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *