EUA de Donald Trump tem mais imigrantes e menos pobres

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Dados do censo americano mostram que proporção de estrangeiros na população é a maior desde 1910. Asiáticos lideraram a entrada nos últimos sete anos e 44,9% dos que chegam tem curso superior.

Na contramão da narrativa propagada pela grande mídia sobre o presidente Donald Trump, a quantidade de estrangeiros que vivem nos Estados Unidos aumentou e a taxa pobreza apresentou redução no último ano.

A parcela de estrangeiros que vive nos Estados Unidos chegou ao maior patamar desde 1910, segundo dados do Census Bureau, agência responsável pelo censo no país, divulgados nesta quinta (13).

Os imigrantes representam hoje 13,7% da população do país, ou 44,5 milhões de pessoas, acima dos 12,9% registrados no ano passado. É o maior índice desde 1910, quando perfaziam 14,7% das pessoas que viviam no país.

As informações estão em levantamento realizado pelo pesquisador William Frey, pesquisador da Brookings Institution, e vêm à tona em meio a seguidas medidas do presidente americano, Donald Trump, para conter o fluxo de imigrantes que chegam aos Estados Unidos.

 

Adaptado da fonte Gazeta do Povo
Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Isso também pode te interessar

Deixe seu comentário

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações