- PUBLICIDADE -

EUA deixam de considerar Hong Kong uma ‘região autônoma’

EUA deixam de considerar Hong Kong uma 'região autônoma'
Imagem: Vernon Yuen/NurPhoto
- PUBLICIDADE -

“Hong Kong não pode mais receber o mesmo tratamento das leis norte-americanos”, diz Pompeo.

O chanceler Mike Pompeo, dos Estados Unidos, declarou ao Congresso, nesta quarta-feira (27), que Hong Kong não tem mais um “alto grau” de autonomia em relação ao regime comunista da China.

A medida, que pode ter imensas repercussões econômicas e políticas para a região, acontece devido às novas medidas de regulamentação impostas por Pequim.

Em um comunicado, Pompeo declarou:

“Após estudar os acontecimentos do último ano, eu relatei ao Congresso que Hong Kong não pode mais receber o mesmo tratamento das leis norte-americanos.”

E acrescentou:

“Ninguém razoável pode dizer que, hoje, Hong Kong mantém um alto grau de autonomia em relação à China, devido aos últimos acontecimentos.”

Hong Kong possui um status comercial diferenciado com os EUA, o que permite uma circulação comercial e financeira que não existe em relação ao restante da China.

No entanto, com as últimas declarações do chanceler norte-americano, isso está sob ameaça.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -