Português  English  Español  Español
Português  English  Español  Español

EUA denuncia atividade da Rússia para promover divisão no Chile

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
EUA denuncia atividade da Rússia para promover divisão no Chile

Os protestos no Chile se transformaram em um movimento amplo de indignação contra o governo e várias instituições.

O governo dos Estados Unidos alertou, nesta quinta-feira (31), sobre indícios de “atividades russas” que deram orientação negativa ao debate na opinião pública no Chile.

Segundo a Casa Branca, o objetivo da Rússia é “exacerbar a divisão” durante a onda de protestos contra o governo do presidente Sebastian Piñera.

“Temos indícios de atividades russas para dar um curso negativo ao debate no Chile”, disse um funcionário do Departamento de Estado que pediu para não ser identificado, informa a agência AFP.

O diplomata indicou que há sinais claros de pessoas que estão “aproveitando o debate” para “exacerbar a divisão e fomentar o conflito”, principalmente através das redes sociais.

A Casa Branca informou, ainda nesta quinta-feira, que o presidente Donald Trump telefonou para Piñera e expressou seu apoio, denunciando “esforços estrangeiros para minar as instituições” no país da América do Sul.

“O presidente Trump denunciou os esforços estrangeiros para minar as instituições, a democracia e a sociedade”, diz a nota do governo norte-americano.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias