Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

EUA denunciam ‘repressão cruel’ contra manifestantes em Cuba

EUA diz que referendo em Cuba fortalece a ditadura
COMPARTILHE

“A cruel repressão do regime cubano contra os manifestantes pacíficos”, diz comunicado dos EUA.

Mike Pompeo, chanceler dos Estados Unidos, condenou, nesta terça-feira (24), a “repressão cruel” da ditadura de Cuba contra manifestantes contrários à prisão de um ativista. 

Denis Solís González, músico integrante do Movimento San Isidro (MSI), foi detido em 9 de novembro e condenado a oito meses de prisão pela acusação de “desacato” à autoridade. 

Pompeo pediu a libertação do detido “sem condições”: 

“O governo dos Estados Unidos condena veementemente o assédio do regime cubano a ativistas que protestam pacificamente contra a prisão do defensor dos direitos humanos Denis Solís González.” 

E acrescentou: 

“Instamos o governo cubano a rejeitar esta sentença injusta e libertá-lo incondicionalmente.” 

As duras palavras de Pompeo estão presentes num comunicado intitulado: “A cruel repressão do regime cubano contra os manifestantes pacíficos”. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
1 Comentário
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
CID M M
CID M M
1 mês atrás

POXA CADE XICO BOARQUE E CAITANDO VELUSO E CIA, QUE NÃO VÃO EM CUBA QUE TANTO IDOLATRAM PARA FALAR O PRESIDENTE DO REGIME DEMOCRATICO CUBANO, PARA LIBERTAR UM INOCENTE QUE NÃO PODE NEM EXPOR SUA OPINIAO, VÃO LÁ, VOCES ADORAM O REGIME CUBANO, VENEZUELANO, VÃO LÁ LINDINHO APROVEITEM LEVEM O LULA E FIQUEM LÁ.

PUBLICIDADE