Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

EUA e Brasil querem barrar Maduro na Organização Pan-Americana da Saúde

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Maduro acusa Trump e Bolsonaro de fazerem ‘apologia à guerra
COMPARTILHE

"EUA não reconhecem os representantes do regime ilegítimo de Maduro”, diz porta-voz do governo Trump.

Os governos dos Estados Unidos, do Brasil e de outros 11 países aplicaram mais um golpe, nesta segunda-feira (28), contra a ditadura de Nicolás Maduro, na Venezuela.

As nações questionaram a legitimidade da participação do regime chavista no Conselho Diretor da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). 

A decisão deve ser divulgada nesta terça-feira (29) pela Opas.

“Os EUA não reconhecem os representantes do regime ilegítimo de Maduro e se opõem firmemente à sua participação nesta reunião”, disse a porta-voz do Departamento de Estado norte-americano, Kristen Pisani.

Pisani ainda apontou uma crescente deterioração da situação humanitária e de saúde pela qual ela culpou a ditadura Maduro.

O regime chavista não é reconhecido pelo Conselho Permanente da Organização dos Estados Americanos (OEA), enquanto cerca de 60 nações reconhecem Juan Guaidó como presidente interino, destaca o portal UOL.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram