Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

EUA e Colômbia vão “manter a pressão” contra Maduro

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

O presidente da Colômbia, Iván Duque, e o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, concordaram na quarta-feira (12) em “manter a pressão” contra a ditadura de Nicolás Maduro e enfrentar “o colapso da democracia” na Venezuela.

Em um telefonema relatado pela Casa Branca, os dois líderes “falaram sobre a crise humanitária na Venezuela e seus efeitos em toda a região, prometendo manter a pressão sobre o regime de Maduro”.

Na ligação, Mike Pence também “reconheceu os esforços iniciais” realizados por Duque – que assumiu o poder há apenas um mês – na importante luta contra as drogas ilícitas, e ressaltou isto como uma “prioridade no futuro”.

Os Estados Unidos criticaram a estratégia antidrogas do ex-presidente colombiano Juan Manuel Santos.

O mandatário americano, Donald Trump, colocou há um ano o narcotráfico como a “área mais importante” de cooperação entre os dois países, depois de classificar como “muito alarmante” o aumento de cultivos ilícitos na Colômbia.

Além da luta contra o narcotráfico e a Venezuela, Pence e Iván Duque também conversaram sobre comércio bilateral e a Assembleia Geral das Nações Unidas que será realizada no final deste mês, em Nova York.

 

Adaptado da fonte EFE

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email