EUA e Israel deixam oficialmente a Unesco

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Os Estados Unidos e Israel deixaram oficialmente a Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco), culminando um processo desencadeado há mais de um ano.

Os dois países utilizaram como justificativa o fato de a organização promover um viés anti-Israel.

A retirada é principalmente processual e representa um novo golpe para a Unesco, cofundada pelos Estados Unidos após a Segunda Guerra Mundial para promover a paz.

A administração Donald Trump protocolou a notificação para saída em outubro de 2017 e o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, seguiu o exemplo.

As saídas dos dois países não afetarão muito a Unesco financeiramente, uma vez que o órgão vem lidando com corte de verbas desde 2011, quando tanto Israel quanto os EUA pararam de pagar taxas depois que a Palestina foi votada como Estado-membro, informa o “Estado de Minas“.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.