Português   English   Español
Português   English   Español

EUA impõe sanções contra empresas levando petróleo da Venezuela a Cuba

EUA impõe sanções contra empresas levando petróleo da Venezuela a Cuba
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O governo dos Estados Unidos impôs sanções a duas companhias de navegação por transportar petróleo da Venezuela a Cuba.

Os Estados Unidos também ameaçaram a aplicação de novas medidas punitivas no setor da defesa e da segurança da Venezuela, no que chamou de uma “resposta direta” às ações de Caracas contra legisladores opositores.

“Os Estados Unidos tomarão novas medidas se Cuba continuar recebendo petróleo venezuelano em troca de apoio militar”, disse o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin.

A represália do regime chavista contra o Legislativo, controlado pela oposição, ocorre após a fracassada insurreição militar contra o ditador Nicolás Maduro em 30 de abril. O vice-presidente do Parlamento foi preso e três deputados estão refugiados em sedes diplomáticas.

Com a decisão desta sexta-feira (10), duas companhias de navegação, a Monsoon Navigation Corporation, sediada nas Ilhas Marshall, e a Serenity Maritime Limited, sediada na Libéria, foram adicionadas à lista suja do Tesouro americano, que bloqueia qualquer ativo sob jurisdição dos EUA e impede a realização de negócios com pessoas e entidades nesse país.

Os respectivos navios dessas companhias de navegação, Ocean Elegance e Leon Dias, também foram sancionados, acusados de transportar petróleo “da Venezuela para Cuba do final de 2018 até março de 2019”, informa a agência AFP.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!