Português   English   Español

EUA impõem sanções à primeira-dama da Nicarágua

O governo dos Estados Unidos anunciou nesta terça-feira (27) novas sanções contra a ditadura da Nicarágua pela repressão aos protestos contra o ex-guerrilheiro Daniel Ortega.

O Departamento do Tesouro decidiu aplicar sanções contra a vice-presidente e primeira-dama da Nicarágua, Rosario Murillo, e contra o assessor de Segurança Nacional do país, Néstor Moncada Lau, por violações aos direitos humanos e por corrupção.

As sanções foram efetivadas em ordem executiva assinada pelo presidente dos EUA, Donald Trump. Elas determinam o bloqueio de qualquer propriedade de Rosario e Moncada Lau sob jurisdição americana.

Além disso, qualquer cidadão dos Estados Unidos está proibido de realizar negócios com os dois, que também estão impedidos de entrar no país.

O Departamento do Tesouro classificou Rosario como “copresidente” da Nicarágua e destacou a influência da primeira-dama sobre grupos que foram acusados de praticar violações aos direitos humanos, como sequestros, torturas e execuções extrajudiciais, durante os protestos registrados contra o ditador Daniel Ortega desde abril.

“A vice-presidente e seus agentes políticos buscaram desmantelar sistematicamente as instituições democráticas e saquear a riqueza da Nicarágua para consolidar seu controle do poder”, disse o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, segundo informações da agência EFE.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter