- PUBLICIDADE -

EUA incluem grupo neonazista da Rússia em lista terrorista

EUA incluem grupo neonazista da Russia em lista terrorista
Imagem: OLGA MALTSEVA / AFP

- PUBLICIDADE -

EUA denunciam campos de treinamento paramilitar em São Petersburgo com a presença de neonazistas de todo o mundo.

Em um movimento inédito, o governo dos Estados Unidos incluiu, nesta segunda-feira (6), um grupo supremacista branco estrangeiro em sua lista de organizações terroristas.

O Departamento de Estado dos EUA inclui o “Movimento Imperial Russo” e três de seus líderes em sua lista de “terroristas internacionais”.

Ao fazer o anúncio, o coordenador de contraterrorismo, Nathan Sales, disse que a medida é uma forma do governo Donald Trump mostrar sua determinação diante dessa “ameaça” contra a qual “os EUA não estão imunes”.

A Casa Branca acusa o grupo de “fornecer treinamento paramilitar para neonazistas e supremacistas brancos” em dois centros em São Petersburgo, na Rússia.

O Movimento Imperial Russo também é acusado de treinar cidadãos da Suécia que depois atacaram seu país entre o final de 2016 e início de 2017, destaca a agência France-Presse.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -